Manutenção e revitalização de instrumentais cirúrgicos


Não é mistério para os operadores do setor médico-hospitalar a gama de cuidados e etapas de conservação de seus equipamentos. Dentre esses procedimentos destacam-se ambos o processo de limpeza e manutenção, que completam a correta revitalização de instrumentais cirúrgicos.

A desinfecção representa o início do processo conservativo. O nome, autoexplicativo, caracteriza a eliminação de agente infectantes, tais como bactérias, fungos e vírus. O processo de limpeza segue com a remoção de sujeiras mais grosseiras, aparentes. O enxague em duas etapas, é primeiro primeiro com água fria, para evitar a coagulação de proteínas, por exemplo. O enxágue final deve eliminar quaisquer resíduos que possam dificultar os processos subsequentes, danificar o material e/ou provocar reações adversas nos usuários. Efetuada a secagem, a  esterilização toma lugar, assim, o material rigorosamente limpo e seco deve ser acondicionado em pacotes identificados, os quais devem ser feitos com materiais que permitam a passagem do vapor, para serem levados à autoclave para sua esterilização ser feita. A esterilização é o processo que visa destruir ou eliminar todas as formas de vida microbiana presentes.


Todas esses processos de limpeza, repetidamente e proporcionais à utilização dos instrumentais, os desgastam acentuadamente e, devido a seu elevado custo, esses devem ser direcionados à manutenção de qualidade.


A grande maioria dos instrumentais hospitalares submetidos aos serviços de manutenção e revitalização em nossa empresa necessita trabalho extensivo de polimento e afiação, fora, é claro, aqueles que necessitam certo cuidado único (seja reparação ou troca de componente). O polimento representa, sobretudo, o valor estético: todo profissional, seja qual for a área de atuação, conhece a importância de um material bem apresentável, não se difere no setor médico. A afiação integral de instrumentais cortantes, parcela mais do que significativa dos instrumentais cirúrgicos, garante o uso pleno até dos mais antigos instrumentais, ampliando a vida útil e propiciando economia no setor.


Fresas acetabulares submetidas a ambos o processo de afiação e polimento.
Fresas acetabulares submetidas a ambos o processo de afiação e polimento.

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes